GN

GALO É O NOVO LÍDER DO BRASILEIRÃO!

GALO É O NOVO LÍDER DO BRASILEIRÃO!

Atlético-MG bate o chará Goianiense e assume a liderança do Brasileirão.

Em noite inspirada de Keno, e boa atuação de Nathan, galo supera o Inter na tabela e é o novo líder do Campeonato Brasileiro 2020.


      

 

 VITÓRIA E LIDERANÇA DO GALO!

O Campeonato Brasileiro tem um novo líder! Neste sábado, jogando fora de casa, o Atlético-MG virou em grande estilo para cima do Atlético-GO, venceu por 4 a 3 com direito a três gols de Keno, e assumiu a primeira colocação da Série A, ultrapassando o Internacional. Melhor no primeiro tempo, o Atlético-GO abriu o placar no Estádio Olímpico, em Goiânia, com Oliveira. Keno, de pênalti, empatou e Gustavo Ferrereis colocou o Dragão novamente à frente já no segundo tempo. Mas com um gol de Nathan e mais dois de Keno, o artilheiro da noite, o Galo saiu de campo com a vitória. Gilvan ainda descontou nos acréscimos, mas não adiantou.

 

  • TABELA E CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE A

    O Atlético-MG chega aos 21 pontos e ultrapassa o Internacional com jogo a menos que o time gaúcho, que soma 20 pontos. O Galo voltará a campo no próximo sábado, no Mineirão, contra o Grêmio. Já o Atlético-GO, que não perdia há quatro rodadas, fica na 12ª colocação com 12 pontos. O Dragão voltará a campo pela Série A no domingo (27), contra o Botafogo, novamente em Goiânia. Antes, na próxima quinta, o time goiano jogará contra o Fluminense pela Copa do Brasil. Veja a classificação da Série A.

    DRAGÃO MARCA PRIMEIRO

    Os dois times saíram para o jogo e protagonizaram um bom primeiro tempo em Goiânia. Logo aos 10 minutos, Gustavo Ferrareis ficou cara a cara com Everson, que fez grande defesa e evitou o primeiro gol da partida. Dois minutos depois, Keno cruzou para Alan Franco, que finalizou à queima-roupa e parou em mais uma grande defesa, desta vez de Jean. Aos 21 minutos, o único jogador considerado reserva do Dragão em campo abriu o placar. Zagueiro de origem, Oliveira substituiu o lesionado Marlon Freitas no meio-campo e marcou um golaço de perna esquerda da entrada da área: Atlético-GO 1 a 0.

 VAR EM AÇÃO

O Galo também balançou as redes com o venezuelano Savarino, mas o lance foi invalidado por impedimento após revisão do VAR. Ainda no primeiro tempo, Nicolas, para o Atlético-GO, e Keno, para o Atlético-MG, perderam ótimas chances.

GOLAÇO IMPROVÁVEL

Do time considerado titular do Atlético-GO, apenas o volante Marlon Freitas, machucado, não entrou em campo. Ele está sendo substituído por Oliveira, que, apesar de ser zagueiro de origem, marcou um golaço de fora da área para atacante nenhum botar defeito.

NATHAN ENTRA INSPIRADO

Jorge Sampaoli promoveu duas mudanças no Galo na volta do intervalo e uma delas fez toda a diferença. Recuperado recentemente de lesão, Nathan mudou a cara do time e deu muita força ofensiva ao Atlético-MG. Logo aos cinco minutos, ele sofreu pênalti após tabelar com Sasha. Keno cobrou e deixou tudo igual: 1 a 1. O Atlético-GO não se abateu e voltou a ficar à frente no placar cinco minutos depois. Após belo passe de Janderson, Gustavo Ferrareis saiu na cara do gol só tirou do goleiro Everson: 2 a 1 Dragão.

VIRADA DO GALO

De olho na liderança, o Atlético-MG também não se abalou com mais um gol sofrido e continuou atacando no Estádio Olímpico. Nathan aproveitou ótima jogada de Savarino pela direita, apareceu na linha na pequena área e estufou as redes: 2 a 2. E não parou por aí. Aos 19 minutos, Keno partiu em velocidade pela ponta esquerda, chutou entre o goleiro Jean e a trave e colocou o Galo em vantagem pela primeira vez: 3 a 2 Atlético-MG.

KENO FAZ TRÊS

Keno queria jogo e infernizou a defesa adversária. Aos 31 minutos, ele soltou uma bomba e carimbou o travessão de Jean. No minuto seguinte, o artilheiro da noite não perdoou. Bem posicionado, ele recebeu cruzamento perfeito de Mariano e cabeceou sem chances para Jean: 4 a 2. Nos acréscimos, o zagueiro Gilvan ainda descontou para o Dragão, mas não havia mais tempo para reação. Placar final: 4 a 3 Atlético-MG.

Agradecimentos especiais ao portal Globoesporte.com